A presidente da Câmara de Tomar esteve ontem presente nas celebrações do 183º aniversário da Batalha de Asseiceira, iniciativa da Junta de Freguesia local.
 
Após a habitual homenagem aos mortos na Batalha, nas ruínas da Igreja da Misericórdia, que funcionou como hospital de sangue aquando do recontro entre as tropas de D. Pedro e D. Miguel, em 1834, teve lugar uma palestra no Centro Cultural de Asseiceira.
 
Nesta intervieram dois especialistas na matéria: o general Vizela Cardoso abordou os “Antecedentes da Batalha de Asseiceira” enquanto o major Leonel Dias falou sobre “Asseiceira, berço de Portugal Novo”.
 
A iniciativa, muito participada pela população, que lotou o espaço, pretendeu valorizar o acontecimento histórico mais marcante da História da freguesia, mas também de importância crucial para o país, uma vez que viria a dar origem à viragem política implementada pelo Liberalismo, primeiro passo para a modernização do país que se prolongou pelos séculos XIX e XX.