Paula Teles, do Instituto de Cidades e Vilas com Mobilidade (ICVM), entregou ontem à presidente da Câmara de Tomar, Anabela Freitas, o Certificado de Acessibilidade atribuído no âmbito dos "Itinerários Turísticos Acessíveis de Portugal". O Município vê assim reconhecido o esforço que tem vindo a fazer para adaptar a cidade às necessidades de pessoas com dificuldades motoras, mas também pais com carrinhos de bebé, por exemplo, tarefa especialmente complexa num lugar com todos os constrangimentos da presença constante de património histórico e natural.
 
O Certificado de Acessibilidade do ICVM tem como propósito criar uma diferenciação positiva e atestar a vantagem comparativa dos seus titulares, informando sobre o reconhecimento do mérito de lugares turísticos no que respeita as condições de acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida.
 
No diagnóstico feito pelo Instituto, foram elencados não apenas os bons exemplos, mas também as situações que carecem de melhoria, propondo-se aquela entidade a colaborar com a autarquia de modo a tornar a cidade de Tomar cada vez mais acessível.
 
Em síntese, o relatório afirma que “atualmente, verifica-se a presença de mais espaços onde a primazia pelo conforto do peão é o objetivo central. O planeamento da cidade vem privilegiando atuações em prol de Todos os cidadãos, oferecendo, cada vez mais, boas condições de acessibilidade em espaço público e edificado.”